Logotipo da Polícia Militar do Estado de São Paulo

VOCÊ PODE CONFIAR

Secretaria de Estado dos Negócios
da Segurança Pública

O Código Florestal e a Legislação Extravagante – A Teoria e a Prática da Proteção Florestal. 1ª Edição


Autor

Maj PM Rogério da Cruz Caradori


Sinopse

Livro que divulga parcela dos resultados obtidos durante seis anos de pesquisa sobre a história da Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB), pela perspectiva das tradições implementadas na escola durante a década de 1930, em especial as tradições do uniforme histórico e do Espadim, que compunham um projeto de modernização do ensino militar paulista conduzido por Oficiais do Exército Nacional que atuavam como interventores junto à Força Pública do Estado de São Paulo (FPESP), durante a Era Vargas. Buscando alternativas ao referencial da história oficial e ao estruturalismo althusseriano, foi utilizado o referencial de pesquisadores como Thompson e Hobsbawn, em especial sobre a invenção das tradições. Nesse sentido, foram investigados diversos arquivos e fontes nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Resende, englobando acervos como o do Museu da PMESP, o Museu Acadêmico Cadete Eduardo Pinheiro na APMBB, Arquivo Histórico do Exército (AHEx), Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas(CPDOC) e Memorial José Pessoa na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN). A partir desse referencial e das fontes, o autor demonstrou que o processo de gênese, evolução e consolidação das tradições é uma poderosa ferramenta poítico-pedagógica para mudanças na cultura de uma Instituição.


Sobre o autor

Doutorando em História da Educação pelo Programa de Estudos Pós-Graduados Educação: História, Política, Sociedade, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (EHPS-PUC/SP). Pesquisa o processo de consolidação do sistema escolar adotado pelas academias de polícia militar no Brasil. Mestre em Educação pelo Programa de Estudos Pós-Graduados EHPS-PUC/SP. Também obteve o título de Mestre Profissional pela APMBB em 2014. Possui Bacharelado (2009) e Licenciatura (2010) em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP). Também é Bacharel em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pela Academia De Polícia Militar Do Barro Branco (APMBB, 1994). Major da PMESP atua como Coordenador Operacional do 45º Batalhão de Polícia Militar do Interior, responsável pelo policiamento ostensivo no município de Praia Grande. Foi professor de História da PM na APMBB. Pesquisador na área de História da Educação integra o projeto de pesquisa História Das Instituições Educacionais: Intelectuais, Políticas E Práticas.

Voltar